sábado, maio 25, 2024
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioTecnologiaQual a diferença entre hacking ético e pentesting?

Qual a diferença entre hacking ético e pentesting?

O mundo da segurança cibernética é complexo e cheio de termos técnicos que podem confundir até mesmo os profissionais da área. Dois desses termos que frequentemente geram dúvidas são “hacking ético” e “pentesting”. Embora ambos estejam relacionados à busca por vulnerabilidades em sistemas de computadores, eles possuem diferenças importantes.

O que é hacking ético?

O hacking ético é uma prática legal e autorizada, onde um profissional de segurança cibernética, conhecido como hacker ético, utiliza suas habilidades técnicas para identificar e corrigir vulnerabilidades em sistemas de computadores. O objetivo do hacking ético é ajudar as empresas a fortalecer sua segurança, encontrando e corrigindo falhas antes que hackers mal-intencionados possam explorá-las.

Os hackers éticos geralmente trabalham em conjunto com as empresas, seguindo um conjunto de regras e diretrizes estabelecidas. Eles realizam testes de penetração, também conhecidos como pentests, para simular ataques e identificar possíveis brechas de segurança. No entanto, eles não têm intenção de causar danos aos sistemas, apenas de ajudar a protegê-los.

O que é pentesting?

O pentesting, ou teste de penetração, é uma técnica específica usada no hacking ético. É um processo de avaliação da segurança de um sistema de computador, no qual um profissional tenta identificar e explorar vulnerabilidades para determinar se um hacker mal-intencionado poderia fazer o mesmo.

Os pentests podem ser realizados de várias maneiras, incluindo testes de rede, testes de aplicativos da web e testes de segurança física. Durante o processo, o profissional de segurança cibernética procura por falhas que possam permitir o acesso não autorizado, roubo de dados ou interrupção dos serviços.

Principais diferenças

A principal diferença entre hacking ético e pentesting é o escopo e o objetivo. O hacking ético é uma prática mais abrangente, que engloba várias atividades relacionadas à segurança cibernética, incluindo o pentesting.

Enquanto o hacking ético tem como objetivo ajudar as empresas a melhorar sua segurança, o pentesting é uma técnica específica usada dentro do hacking ético para identificar e explorar vulnerabilidades. O pentesting é uma parte importante do hacking ético, mas não é o único aspecto.

Além disso, o hacking ético é uma prática autorizada e legal, realizada com o consentimento das empresas envolvidas. Já o pentesting, por si só, não requer necessariamente uma autorização formal, mas é recomendado que seja realizado com o conhecimento e consentimento dos proprietários dos sistemas testados.

Conclusão

Em resumo, o hacking ético e o pentesting são termos relacionados à segurança cibernética, mas possuem diferenças importantes. O hacking ético é uma prática abrangente que visa melhorar a segurança dos sistemas, enquanto o pentesting é uma técnica específica usada para identificar e explorar vulnerabilidades.

Ambas as práticas são essenciais para garantir a proteção dos sistemas contra ataques mal-intencionados. Ao contratar profissionais de segurança cibernética, é importante entender a diferença entre hacking ético e pentesting e como eles podem contribuir para a segurança da sua empresa.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

mais populares

comentários mais recentes